11/02/08

O verdadeiro significado da Vida Eterna

Desde os primórdios da humanidade, o homem sempre buscou a vida eterna. A idéia da imortalidade é algo que permeia o imaginário coletivo e está presente, se não for em todas as culturas, pelo menos na maioria delas. Não somente a imortalidade do corpo, mas principalmente a da alma, este é o sonho de todo ser humano: viver eternamente! Há diversos exemplos na mitologia e nas lendas antigas, na literatura e no cinema. Seja através da ciência ou da religião, o homem sempre almejou encontrar tão precioso bem...

Contudo, o verdadeiro sentido de Vida Eterna vai muito além do que as artes, a razão ou a fé tentam alcançar:

Jo 17:3 - E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

Mas o que realmente significa a palavra CONHECER?

Ora, consultando um dicionário, se percebe que seu sentido vai além do estrito "ter entendimento, compreendensão ou sabedoria", significando também "relacionar-se" ou "experimentar profundamente". De modo geral, podemos adotar "saber" como sinônimo de "conhecer". Curiosamente, percebe-se que a origem latina da palavra "saber" é "sapare" (que significa "ter gosto") a mesma da palavra "sabor"! Para sentir o paladar de algo, obviamente, é preciso experimentar com a boca. Uma refeição pode ser deliciosamente apresentada aos olhos, mas apenas se poderá compreender a exata dimensão do prazer de comer aquele alimento se ela for analisada pelo paladar, ingerida e digerida... Concluindo, semelhante à digestão, a partir do instante em que o conhecimento é "degustado" e internalizado pelo corpo, torna-se parte dos "ossos", "músculos" e "sangue", transformando-se na própria essência do ser.

Foi isso que Jesus disse em Jo 4:34: "A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra". O Filho de Deus era tão ligado ao Pai que era um só com Ele... E não somente Ele agia dessa forma como nos instruiu a buscarmos essa comunhão, mediante uma experiência pessoal, tornando-nos um só com Ele: "Porque a minha carne é a verdadeira comida, e o meu sangue é a verdadeira bebida" (João 6:55). Este é o convite feito a todos que tem fome e sede de Deus, a todos que crêem em Seu Nome.

O que é Conhecer a Deus e a Seu Filho Jesus?

Há uma incrível semelhança entre Jo 17:3 e Jr 9:23-24:
Assim diz o SENHOR: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas, Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR e faço misericórdia, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR.

1) Conhecer a Deus é reconhecer que Ele é a unica e verdadeira fonte de Tudo: todos os nossos próprios recursos são reduzidos a NADA perto de Sua Divina Sabedoria, Força e Riqueza;

2) Saber (experimentar) o "EU SOU", O SENHOR (Jesus é o verdadeiro EU SOU como está escrito em João 8:58), como também da maravilhosa obra de redenção através da Sua MISERICORDIA(amor leal, pois amou o mundo de tal maneira a ponto de entregar Seu único Filho); Seu JUIZO(para morrer em nosso lugar na cruz) e Sua JUSTIÇA (por intermédio do sangue derramado nos tornou justos diante de Deus).

A vida Eterna é experimentar HOJE essa nova comunhão com Deus e ter TODO esse conhecimento, toda essa vida em nós

O profeta Jeremias compreendeu o verdadeiro sentido da Vida Eterna:
Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o SENHOR: Na mente, lhes imprimirei as minhas leis, também no coração lhas inscreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Não ensinará jamais cada um ao seu próximo, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece ao SENHOR, porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o SENHOR. Pois perdoarei as suas iniqüidades e dos seus pecados jamais me lembrarei. (Jr 31:33-34)

Qual a diferença entre “imprimir na mente” e “inscrever no coração”? Quando se imprime, por exemplo, passos na areia da praia estão sendo marcadas pegadas temporárias - facilmente serão apagadas pela ação do vento, do mar ou do próprio homem. Entretanto, quando se inscreve, se entalha (esculpe) na pedra palavras, estas permanecerão intactas por séculos, permitindo que sejam lidas pelas futuras gerações. Melhor dizendo, imprimir é algo superficial e efêmero enquanto inscrever é profundo e eterno. Enquanto aquele pode ser esquecido, este não pode ser apagado por vontade humana. nem pode ser eliminado pelo caráter do velho Adão, pela natureza pecaminosa da carne!

Sabemos que, na velha Aliança, a lei de Moisés foi dada ao povo de Israel como conjunto de princípios para se andar na vontade de Deus. Como Paulo disse em sua carta aos Romanos (como nos versículos de Rm 3:20, 5:13 e 7:7), a Lei de Moisés veio para revelar os desejos carnais ao homem, pois, ao tentar “conter” a natureza pecaminosa do homem, simplesmente avultou sobremaneira o pecado. Comprovou ser, dessa sorte, uma tarefa impossível ao homem cumprir toda Lei. Afinal, somente uma ação radical, por intermédio da misericórdia e graça de Deus, poderia erradicar o pecado do interior do homem...

Assim, a lei de Deus pode ser comparada a uma placa “Pare” em um cruzamento. Da mesma forma que esta placa sinaliza uma advertência a todos aqueles que estiverem seguindo por aquela via, todos os mandamentos foram instituídos por Deus a fim de proteger e instruir ao homem na forma pela qual deveria se comportar. Da mesma maneira que a placa de sinalização não impede que a infração ocorra, a Lei de Deus somente revela no próprio homem a sua irreversível natureza de pecador!

Na Nova Aliança, conhecer a Deus é ter a Sua lei inscrita em nosso coração. Esta lei é o Espírito Santo de Deus vivendo em nós - a própria vida do Deus vivo - o qual é o selo de nosso coração (Ef 1:3). Ora, nós conhecemos a Deus porque temos o Consolador em nosso ventre: a Mente de Cristo (2Co 2:16). Os elementos que compõem qualquer mente são intelecto (o centro dos pensamentos, do conhecimento e memória), vontade e emoções. É a “alma” de Deus, toda a Sua essência, a plenitude de Seu caráter, Sua Sabedoria habitando em nós! Assim se caracteriza o novo nascimento concedido a todo aquele que crê em Jesus Cristo e confessa o Seu NOME! AGORA o homem se torna uma NOVA CRIATURA: Filho de Deus!

Cabe ressaltar que, apesar de ser uma nova criatura no interior, continuamos necessitando, no exterior (em nosso intelecto, vontade e emoções) de uma renovação. Sendo assim, a Vida de Deus que habita em nosso homem interior precisa transbordar e preencher toda nossa mente:

E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (Rm 12:2)

É de vital importância a busca da transformação de nosso caráter, a qual não é obra da vontade humana, mas do Espírito Santo – a Vida do Deus Eterno - existente em nós:

E peço a Deus do nosso Senhor Jesus Cristo, Pai glorioso, que dê a vocês o Seu Espírito que os tornará sábios e revelará Deus a vocês, para que assim vocês o conheçam como devem conhecer.

Peço que Deus abra a mente de vocês para que vejam a luz dele e conheçam a esperança para a qual Ele os chamou. E também para que saibam como são maravilhosas as bênçãos que prometeu ao Seu povo e como é grande o Seu poder que age em nós, os que cremos Nele.
(BNLH, Ef 1: 17-18a)


Logo, a Vida Eterna é mais do que viver eternamente, com Deus, no céu. Vai MUITO ALÉM disso! É possuir a Sua essencia implantada no coração, é ter um relacionamento íntimo com o Pai, conhecendo Sua vontade, Seus propósitos, Seu caráter. É ter todo o Seu conhecimento habitando no interior de si mesmo, transformando-se, gradualmente, à imagem e semelhança de Cristo e restaurando, de glória em glória, a antiga natureza que fora perdida no Éden.

2 comentários:

Bernardo disse...

teste

Anônimo disse...

Shalom!

Graça e Paz em o nome do Senhor Jesus!

Venho respeitosamente parabeniza-lo pelo seu Blog. E desejar toda sorte de bençãos para tie para toda sua casa.

Sucesso sempre!!!

Dionei Santos de Oliveira
Blog do Dionei
http://www.dioneis.blogspot.com/